É muito comum em uma conversa entre pais ouvir que se tem saudades de um passado onde era possível brincar na rua, ser mais autônomo, ficar longe da televisão, computadores e jogos. Além disso, as pessoas também comentam sobre a educação das crianças do passado comparadas às de hoje.

Acredito que em condomínio é possível resgatar o melhor desse passado. Afinal, é um espaço de convivência onde existem áreas privadas e as áreas comuns. Daí a oportunidade de interagir em todo o tempo com pessoas de idades, culturas, etnias, classes sociais, costumes e eventualmente com necessidades especiais. Toda essa diversidade traz consigo a oportunidade de estimular desde cedo o respeito, tolerância e necessidade de observação de regras e padrões. E pode parecer precoce, mas quanto mais cedo o contato com diferentes realidades, maior a chance de formar bons cidadãos.

Que tal utilizar este benefício de viver em Condomínio para educar com experiências práticas:

  • Para ensinar conceitos de cidadania, que tal sugerir que em seu condominio exista um “mini-sindico”? A criança eleita poderia ser o porta-voz das necessidades das crianças do condomínio.
  • Respeito ao próximo pode ser exercitado ao conversar com a criança sobre as regras de convivência, utilização dos espaços e barulhos altos tarde da noite.
  • Crianças devem brincar e utilizar as áreas comuns do condomínio, mas sempre devem circular acompanhadas por adultos. Converse com os vizinhos e proponha um rodízio para acompanhar as crianças. Lembrando que existem limitações de uso dos equipamentos por menores desacompanhados – Elevadores; Piscinas e Playground. Ah, e nas escadas nunca é permitido brincar.
  • Sempre tem aquele porteiro ou zelador que as crianças adoram. Mas é importante lembrar que funcionários não podem ser responsáveis por menores dentro do Condomínio. As crianças também não podem entrar nas cabines de portaria, controle de acesso ou em áreas de uso restrito a funcionários.

Ensinar as crianças a obedecer essas regras e se policiar para cumpri-las também, ajuda na convivência em condomínio. Além disso, a própria literatura referente a Educação confirma que exemplos da família são base dos valores e comportamentos dos adultos. Se queremos um país melhor, temos a oportunidade de começar isso dentro de casa.

Converse com seus filhos e já comece no próximo final de semana a exercitar essas dicas. Em pouco tempo é possível ver mudanças dentro e fora do seu apartamento. E quem sabe daqui a alguns anos, os saudosos pela experiência feliz da infância serão seus filhos.